Os novos compressores de parafuso da série CSD da Kaeser Compressores com motor síncrono de relutância.
Inovação para a eficiência

O nosso compressor de parafuso da série CSD/CSDX com variador de frequência, apresenta-se agora com um motor síncrono de relutância da Siemens, que garante ainda mais eficiência.

Mais sobre a série
Síncrono com a Siemens
Síncrono com a Siemens

Com o motor síncrono de relutância do nosso parceiro Siemens, os requisitos da norma DIN-EN 50598 são cumpridos e atinge-se a classificação máxima com IES2.

Mais sobre a série
Inovação para a eficiência
Transmissão inovadora – eficiência pura

A inovação encontra-se no interior do compressor de parafuso com regulação da velocidade, não visível do exterior, mais concretamente no sistema de transmissão. O novíssimo motor síncrono de relutância foi desenvolvido em estreita colaboração com a Siemens. Este oferece, especialmente em carga parcial, uma significativa melhoria de eficiência. 

Motor de relutância e variador de frequência são perfeitamente compatíveis entre si e formam o sistema de transmissão efetivo da nova geração CSD/CSDX. Combina apenas o melhor dos motores síncronos e assíncronos: capacidade de controle ideal combinada com robustez e facilidade de assistência técnica.

Unidade perfeita

O sistema completo do compressor de parafuso com regulação de velocidade destaca-se pela máxima eficiência energética, custos de energia mínimos e a comprovada qualidade KAESER. 

É por isso que a CSD/CSDX com motor síncrono de relutância é incluída na classe de avaliação IES2 e pertence assim à classe máxima da norma de eficiência energética DIN-EN 50598.

Visivelmente mais desempenho

Compressores de parafuso CSD/CSDX com um novo motor síncrono de relutância.

Com esta série de compressores de parafuso oferecemos aos clientes, de todo o mundo, o acesso a mínimos de consumo de energia e custos operacionais – visivelmente mais performance com o mesmo tamanho. 

A perfeita compatibilidade do motor com o variador de frequência resultam nas seguintes vantagens:


  • custos operacionais mais reduzidos

  • classificação máxima na IES2
  • maior disponibilidade e vida útil
  • capacidade de controle ideal combinada com robustez